comentários em kevin arnold para dois.



Veja Lost In Translation em DVD. Experiência completamente diferente.

Bruno Galera em 10.12.2004 às 11:51

faz mesmo tanta diferença? me conta, que daí até dou um jeito.

carolbensimon em 10.12.2004 às 14:35

tu gostou mesmo desse moça aí?

achei um amontoado de clichês audiovisuais. quando o mecenas vai agarrar ela no varal, por exemplo, entra aquela musiquinha prevendo o suspense. não consigo mais ver filmes com esse tipo de recurso fácil.

além da pronúncia deles de 'vermeer'. agh.

pedro mandagará em 10.12.2004 às 17:21

não gostei muito, não, achei bem normalzinho, só o que me agradou foi realmente o jeito da menina.
e, sim, aquela hora do mecenas é a pior. Absolutamente gratuito.

carolbensimon em 10.12.2004 às 18:51

a fotografia é a cousa mais linda dos últimos tempos.

Daniel Pellizzari em 10.12.2004 às 22:24

blerghs, mojo. totalmente convencional.

pedro mandagará em 10.12.2004 às 23:59

Fotografia inovadora é coisa de fã de Clube Da Luta.

Bruno Galera em 11.12.2004 às 13:28

argh. odeio esse.

carolbensimon em 12.12.2004 às 13:12

A luz é praticamente a mesma dos quadros do Vermeer, Pedro. Mesmo que seja convencional (opinião da qual discordo), é o que o filme pedia, e ficou muito bem.

Qualquer outra luz arruinaria tudo. Perderia a verossimilhança, e o PLOT não é tão interessante assim (não que eu dê a mínima para PLOTS).

Daniel Pellizzari em 13.12.2004 às 07:22





Comer uma bolacha?